Wladimir Martins 19/08/2021

Como delegar tarefas de forma eficaz?

Há um certo estigma que há muito tempo ronda o meio corporativo e que sugere que um bom gestor precisa necessariamente arcar com a maior parte do trabalho e fazê-lo com o mínimo de ajuda possível. Esse pensamento retrógrado passa longe da realidade de uma organização humanizada e focada na justa divisão de função e tarefas.

O papel de um líder é acima de tudo conseguir preparar, gerenciar e conduzir equipes diversas para o futuro da empresa através do planejamento e da organização. Sem contar as habilidades de conhecimento aprofundado sobre os recursos e detalhes acerca do andamento e execução dos principais projetos. O que acontece é que alguns gestores, principalmente aqueles que se encontram em organizações de menor porte, acreditam possuir experiência e capacidade suficiente para fazer tudo sozinho, possuem desconfiança nas competências de seus colaboradores, apresentam pouca visão administrativa ou possuem ainda o receio em perder o poder diante da hierarquia empresarial. Sendo assim, a delegação de tarefas não ocorre e os resultados acabam sendo o acúmulo ou atraso no andamento dos projetos e uma sobrecarga e esgotamento por parte da gestão. A delegação de tarefas geralmente ocorre partindo de um líder para com seus liderados e significa transferir temporariamente a autoridade e a responsabilidade sobre determinada área ou projeto a um membro ou mais da organização. A delegação de tarefas é uma das mais importantes práticas dentro de uma gestão e deve ser feita de forma planejada, coerente e eficaz. Para delegar da forma adequada é imprescindível inicialmente que três passos sejam realizados; a construção de uma lista constando todas as atividades a serem delegadas, a construção de um pareamento entre tais atividades e as melhores indicações de colaboradores a assumi-las e por fim a construção de uma integralização entre essas pessoas, as tarefas e você. Dessa forma, você poderá mesmo delegando, acompanhar o andamento dessas atividades, participar e ainda direcionar da melhor forma o colaborador responsável. Para uma maior garantia de sucesso no ato da delegação, temos mais algumas dicas que podem ser de grande utilidade, principalmente se você é um gestor iniciante e pouco experiente; Busque prioritariamente delegar em função da competência e não da sua proximidade com o colaborador, saiba tolerar e lidar com possíveis erros iniciais partindo de quem assumiu uma nova tarefa, não delegue apenas as atividades que você considera enfadonhas ou que não gosta de realizar. Seguindo algumas dessas indicações, você gestor, pode facilmente transformar a sua rotina atribulada e geralmente tensa em um dia-a-dia mais voltado a conduzir e guiar os colaboradores responsáveis, afinal essa é a uma função essencial da gestão. Portanto foque os seus esforços em distribuir de forma adaptada e justa as tarefas que o sobrecarregam e busque em seguida permitir-se participar do andamento, sem obviamente assumir a responsabilidade que acabou de ser delegada. Lembrando que é de extrema importância que haja uma maior atenção a assistência aos colaboradores que estiverem sendo designados a uma nova responsabilidade pela primeira vez e que caso este mesmo colaborador seja inexperiente mas ainda assim a única opção a assumir, uma boa alternativa é treiná-lo adequadamente antes da delegação.



O quanto esse conteúdo foi útil?

5 / 5. 1

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

O MENINO QUE DESCOBRIU O VENTO

O MENINO QUE DESCOBRIU O VENTO

10/03/2019

Inbound recruiting: conheça essa estratégia de seleção e aplique hoje ainda

Inbound recruiting: conheça essa estratégia de seleção e aplique hoje ainda

04/01/2021

Controle emocional no trabalho: como um líder deve se comportar?

Controle emocional no trabalho: como um líder deve se comportar?

15/04/2020