Wladimir Martins 26/05/2021

Descubra como desenvolver a criatividade.

Dia e noite nos deparamos com o crescimento absurdo do termo criatividade sendo posto em pauta sempre que se debate sobre inovação e desenvolvimento organizacional. A habilidade ganhou destaque já há algum tempo quando percebeu-se a necessidade de não apenas vender, ou publicar, ou entregar um determinado projeto, mas de aproximar a sua ideia do desejo do seu cliente, transformar a transação entre vocês em um vínculo que possivelmente o convidaria a voltar.

O papel da criatividade então não é apenas o de criar, inovar, inventar e reinventar, mas principalmente o de construir e cultivar uma relação estreita e leal entre você e o seu público. Mas o que poucos sabem no entanto, é que a criatividade assim como tantas outras habilidades técnicas ou comportamentais, não é um dom inato que ou se possui ou não se possui, a criatividade pode e deve ser aprendida e desenvolvida por todos aqueles que desejam aprimoramento e resultados efetivos dentro da própria função. Mas você pode estar se perguntando, como é que de fato se aprende a ser criativo?

A resposta é muito simples na verdade: exercitando a criatividade! Colocar em uso o seu lado criativo com certeza te levaria em determinado tempo a cada dia mais perceber uma certa evolução nas suas habilidades de criação. Mas o que eu faço para colocar em uso o meu lado criativo e treinar essa habilidade? Primeiramente, precisamos estabelecer quais são as atividades que ao serem praticadas beneficiam e favorecem o desenvolvimento do lado criativo e intuitivo e quais destas seriam consideradas atividades prazerosas levando em consideração as suas preferências pessoais.

Afinal, o processo precisa se dar mediante ao seu gosto pessoal para que as atividades que vir a exercer, não acabem por lhe causar desânimo ou insatisfação e também para que o seu prazer e agrado ao exercer tais atividades, contribua para a expansão do lado criativo, visto que o nosso cérebro se sente muito mais confortável para manifestar a criatividade quando realizamos tarefas que nos dão prazer.

A lista de atividades é vasta, diversos tipos de tarefas podem nos induzir a desenvolver o lado criativo, mas aqui reservarei maior destaque a duas delas; as dinâmicas e as atividades intuitivas. As dinâmicas são aquelas atividades que podem ser realizadas em grupo ou individualmente mas que tem o objetivo de te fazer relaxar, sorrir, brincar e ao mesmo tempo tentar construir novas ideias e novos pensamentos. Nas dinâmicas somos submetidos a pensar sobre determinado assunto exposto e nos colocamos durante o processo em uma posição de total liberdade para manifestar tudo o que for surgindo a cabeça.

Já as atividades intuitivas, podem também ser consideradas dinâmicas ou vice-versa, mas geralmente são aquelas atividades que envolvem essencialmente o livre manifestar da própria vontade e da própria ótica sobre a vida. Como por exemplo experimentar pintar um quadro da forma que lhe vier a mente, fotografar imagens que lhe agradam, tentar uma nova técnica de artesanato, com algum material que lhe desperte interesse como a argila, ou até dançar sob alguma música que lhe deixa energizado. O importante mesmo é tentar realizar coisas novas nunca antes tentadas e perceber como você se sente manifestando-as. Desafiar-se sem medo de julgamentos ou do fracasso, pois essas duas coisas jamais irão interferir nos resultados do seu processo criativo. Resumidamente, as dinâmicas e as atividades intuitivas podem estar interligadas e fazer parte uma da outra, mas ambas, isoladamente, são os pilares sustentadores do processo de desenvolvimento e evolução das habilidades criativas.



O quanto esse conteúdo foi útil?

5 / 5. 1

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

Controle emocional no trabalho: como um líder deve se comportar?

Controle emocional no trabalho: como um líder deve se comportar?

15/04/2020

Capacitação para Alta Liderança

Capacitação para Alta Liderança

05/07/2022

Quer saber como potencializar a criatividade e inovação dentro da empresa? Leia e descubra!

Quer saber como potencializar a criatividade e inovação dentro da empresa? Leia e descubra!

29/01/2019