Wladimir Martins 05/05/2020

Criatividade e inovação nas empresas: como e aplica na liderança?

Quando se fala em manter a competitividade do seu negócio diante do mercado, a criatividade e inovação são dois conceitos essenciais. Porém, apesar de tanto se falar sobre esses elementos, nem todo mundo sabe exatamente o que eles significam.

E, quando entendem o conceito, ainda pode ser difícil descobrir qual a melhor forma de implementá-los dentro do negócio. As empresas acabam se perdendo em meio aos post-its e paredes coloridas em vez de investir no que realmente importa: as lideranças.

E o seu negócio, consegue desenvolver a criatividade e inovação? Você sabe qual a melhor forma de fazer isso focando nos líderes e gestores da organização? Se não, está na hora de descobrir! Leia este artigo e entenda tudo sobre a criatividade e inovação nas empresas.

O que significa criatividade e inovação para as empresas?

Antes de falar sobre como implementar criatividade e inovação dentro da sua empresa, é essencial que você entenda o que efetivamente significam esses conceitos. Isso porque, apesar de muito difundidos no mercado, nem sempre há uma compreensão profunda sobre o que realmente significa cada um deles para o contexto organizacional.

O que é a criatividade nas empresas?

Criatividade é um conceito muito estudado, principalmente na psicologia. Na teoria, ele se refere à capacidade que algumas pessoas têm de fazer relações entre elementos que, inicialmente, não estavam conectados.

Portanto, apesar de o senso comum considerar que uma pessoa é criativa quando ela cria algo a partir do “nada”, não é exatamente isso que acontece na prática. O que esse tipo de indivíduo faz, na verdade, é criar coisas a partir das diversas experiências e conhecimentos que ele tem, conectando elementos distintos para gerar resultados diferentes.

E nas empresas, como isso funciona? Nas organizações, a situação não é muito diferente. Um profissional criativo é aquele que consegue ter uma visão global do negócio e conectar todas essas informações com o conhecimento prévio adquirido, criando algo totalmente novo. Esse algo pode ser uma solução para um problema, um processo ou, até mesmo, um produto ou serviço a ser oferecido para os clientes.

E a inovação, o que significa dentro de uma empresa?

Já a inovação está mais relacionada com os resultados do que o processo. Ou seja, enquanto a criatividade é uma característica do indivíduo, que acaba sendo transferida para a organização como um todo, a inovação é o resultado do processo criativo.

Portanto, ela pode ser definida como a geração de soluções novas e originais para determinados problemas, tanto internos quanto externos ao negócio. Ela é a geração de um novo processo, produto ou serviço que tenha utilidade, seja para a empresa, seja para a sociedade como um todo.

Como a criatividade e a inovação se relacionam dentro das empresas?

Você já deve ter percebido, apenas com a definição, que a criatividade e a inovação estão intensamente relacionadas dentro da empresa. Afinal, uma depende diretamente da outra para acontecer. Isso significa que, para que a empresa seja criativa, é preciso contar com profissionais capazes de fazer relações inusitadas entre os diversos elementos presentes no negócio e fora dele.

Com isso, eles geram soluções inovadoras para que o negócio ganhe cada vez mais espaço no mercado. Porém, para que a criatividade aconteça, é importante contar com um ambiente inovador, que potencialize essa característica nos colaboradores. Além disso, são necessárias capacitações adequadas para que o time gere, cada vez mais, resultados inovadores e criativos para o negócio.

Portanto, criatividade e inovação são dois conceitos extremamente relacionados dentro de uma empresa, sendo que um depende do outro para sobreviver no negócio.

Quais são os pilares da criatividade e inovação nas empresas?

Agora você já sabe, teoricamente, o que significa criatividade e inovação nas empresas. Porém, para colocar esses conceitos em prática, é importante que você entenda quais são os pilares que regem esses conceitos dentro de uma organização. São eles: comunicação, organização, controle de atividades e reconhecimento.

Quer saber o que significa cada um deles na prática? Descubra agora!

Comunicação

O primeiro pilar da criatividade e inovação nas empresas é a comunicação. Isso porque, muitas vezes, as empresas não deixam claros quais são os objetivos do negócio e o que é esperado do colaborador em relação a esses dois elementos. Dessa forma, o que acaba acontecendo são discursos vazios, nos quais é dito que o comportamento criativo e inovador é valorizado, mas que, na prática, não têm nenhum efeito no negócio como um todo.

Portanto, na hora de implementar a criatividade e inovação, é importante que você defina quais são os objetivos finais desse processo. Ou seja, quais resultados você espera do time em relação a isso.

A partir dessa definição, deixe claro para os colaboradores tudo que será implementado e o porquê de cada estratégia. Também abra os canais de comunicação da empresa de forma a possibilitar que o time dê feedback sobre a prática de ambos os conceitos dentro da organização.

Organização

Quando se fala em criatividade, a primeira imagem que pode vir à cabeça é um ambiente artístico bastante desorganizado e com muitos estímulos. Porém, na prática, não é exatamente isso que acontece, nem mesmo no contexto das artes.

A criatividade e inovação é, na verdade, o contrário da desorganização. Esses conceitos se referem, na verdade, a uma reorganização de elementos que, antes, não estavam conectados. Dessa forma, é essencial que exista uma organização que favoreça o florescimento da criatividade e inovação dentro da empresa.

Essa organização pode vir de diversas formas. Em primeiro lugar, o ambiente da empresa deve estar organizado, com materiais acessíveis e em bom estado de uso e propenso à geração de resultados. Isso não significa que ele não pode incluir cores, post-its, quadros para que os colaboradores organizem suas ideias ou outros elementos desse tipo. Tudo isso pode fazer parte da empresa, porém de forma organizada.

Além disso, o tempo destinado à inovação e criatividade também deve ser pré-definido. Se não existe uma organização do tempo e das tarefas a serem realizadas na empresa, você corre o risco de ter colaboradores que não geram resultados importantes para o funcionamento do negócio por dedicarem muito tempo à geração de ideias inovadoras.

O contrário também pode acontecer, ou seja, a equipe não sente que pode se dedicar ao desenvolvimento da criatividade e inovação por não existir nenhuma definição nesse aspecto.

Controle de atividades

Controle é outra palavra que nem sempre é associada à criatividade e inovação. Porém, esse é um dos pilares desses dois elementos dentro de uma empresa. Isso porque é preciso que você controle quais são as atividades desenvolvidas pelos colaboradores, sejam elas relacionadas ou não à criatividade e inovação.

É importante entender quantas horas diárias são dedicadas a cada uma delas e os resultados gerados por cada uma. Isso está intimamente ligado ao pilar anterior, da organização.

Também é importante mensurar os resultados nesse aspecto. Dessa forma, você consegue entender quais são aquelas estratégias que efetivamente estão alcançando o que você esperava em relação à criatividade e inovação. As que não gerarem resultados como deveriam, devem ser reformuladas de forma a impactar positivamente a empresa como um todo.

Reconhecimento

Por fim, o último pilar da criatividade e inovação nas empresas é o reconhecimento. Isso porque, para que um colaborador continue gerando resultados criativos e inovadores dentro de uma empresa, é importante que ele seja valorizado e reconhecido quando isso acontece.

Portanto, sempre que um profissional for criativo e inovador, reconheça esse comportamento. Você pode, inclusive, criar políticas internas relacionadas a esses elementos, como bonificações, viagens, prêmios ou outras formas de valorizar os resultados gerados pelo colaborador.

Com isso, você incentiva o profissional a continuar sendo inovador e criativo dentro da organização. Porém, os benefícios dessa estratégia vão além do nível individual. Quando você reconhece os resultados de determinado colaborador, os outros membros da equipe também percebem isso e começam a se engajar em comportamentos desse tipo, potencializando a criatividade e inovação na empresa como um todo.

Por que as empresas precisam de criatividade e inovação?

Você entendeu bem o que é a criatividade e inovação nas empresas e quais são os pilares desses conceitos dentro de uma organização. Mas resta o questionamento: sua empresa realmente precisa investir em criatividade e inovação? A resposta para essa pergunta é simples: se quiser se manter competitiva no mercado, sim, o seu negócio precisa ser criativo e inovador!

O mercado muda rapidamente e, na Era 4.0, esse processo de transformação está cada vez mais intenso. Isso significa que as tecnologias mudam, os seus colaboradores e profissionais disponíveis no mercado mudam e, junto com tudo isso, os clientes e a forma como eles se comportam também mudam.

Tudo se transforma, exigindo que a sua empresa precise lidar com demandas diferentes, tanto da equipe quanto dos consumidores, assim como problemas nunca antes detectados.

É aí que a criatividade e inovação mostram a sua importância dentro dos negócios. Diante de um cenário que se transforma a todo momento, é preciso que você esteja atento e à frente das novas tendências do mercado, de forma a conquistar espaço e potencializar o sucesso do negócio. Isso só é possível quando a sua empresa pensa fora da caixa e gera resultados totalmente inovadores para os clientes e colaboradores do negócio.

Nesse aspecto, os líderes podem ser os maiores parceiros da inovação e criatividade dentro da organização. Continue a leitura e descubra como desenvolver essas competências nos gestores da sua empresa!

Como a criatividade e inovação podem ser desenvolvidas nos líderes?

Estimular a liderança criativa dentro da sua empresa é essencial para o sucesso desse tipo de estratégia no negócio. Entenda agora algumas dicas de ouro para realizar essa tarefa!

Estimule o autoconhecimento

Para desenvolver a criatividade e inovação nos líderes da sua empresa, é essencial que você invista em autoconhecimento profissional. Isso porque, antes de criar soluções para o negócio, o gestor precisa entender quais são as próprias potencialidades e características a serem desenvolvidas, de forma a mobilizar esses elementos da melhor forma possível em prol da organização.

Portanto, realize a análise comportamental da equipe e aplique outros testes e questionários de forma a avaliar as características mais marcantes de cada um dos líderes. Além disso, você pode contar também com outras metodologias como suporte, como o Coaching.

Capacite as lideranças

Outra estratégia fundamental para o desenvolvimento da criatividade e inovação dos líderes da empresa é a capacitação. Você já sabe que a criatividade e inovação vêm do estabelecimento de novas relações entre elementos que já existem, não é mesmo? Portanto, quanto mais conhecimento o gestor tiver, maiores são as chances de que ele consiga relacionar conteúdos diversos para gerar soluções totalmente inovadoras para o negócio.

Portanto, busque por capacitações adequadas para os gestores da empresa. Você pode focar em diversos elementos, como as principais competências e habilidades de um líder, melhorando as estratégias de gestão utilizadas por eles de uma forma geral, ou, até mesmo, em treinamentos diretamente relacionados à criatividade e inovação.

Nesse aspecto, as modalidades de capacitação também podem ser diversas, podendo incluir cursos presenciais, workshops e, até mesmo, cursos online. A melhor estratégia depende das necessidades e características específicas da sua empresa.

Estimule a busca por conhecimento

Para desenvolver a criatividade e inovação, o líder também precisa estar atento às tendências do mercado e às principais atualizações, tanto da própria área quanto de outros setores. Portanto, é importante que você estimule a busca constante por novos conhecimentos e informações dentro da empresa.

Isso pode ser feito de diversas formas. Uma delas é reservar um tempo da jornada de trabalho para que os líderes façam pesquisas e se atualizem na própria área ou em temas pelos quais tenham interesse. Também é importante incentivar a colaboração nesse aspecto, criando momentos nos quais todos os líderes possam trocar ideias, informações e tendências.

Mostre a importância do planejamento

Por fim, pode parecer contraditório, mas toda inovação deve ser planejada. Por mais que as ideias surjam de maneira espontânea, é essencial que você incentive os líderes a tirarem elas do papel e colocar em prática para, efetivamente, gerar resultados para a organização.

Portanto, incentive não apenas a criatividade e a inovação, mas também a criação de planos de ação para colocar todas as ideias em prática dentro da empresa, sejam elas novos processos, produtos ou serviços.

Por que os líderes devem ser criativos e inovadores?

O líder tem um papel fundamental dentro de uma empresa. Ele é o responsável por tomar as principais decisões relacionadas ao futuro do negócio. Além disso, também é o líder que propaga a cultura e os objetivos organizacionais do negócio perante o time, gerando motivação e engajamento para que os colaboradores gerem mais e melhores resultados para a organização.

Portanto, ele também tem um papel fundamental na hora de promover a criatividade e inovação dentro da empresa. Além de serem os responsáveis por propagar esse tipo de cultura dentro da empresa, também são eles que têm a capacidade de gerar soluções totalmente inovadoras para as empresas, tomando decisões e assumindo riscos desse tipo de comportamento.

Portanto, seguir as dicas acima e desenvolver lideranças criativas e inovadoras é essencial para que a sua empresa implemente esses valores na cultura interna da organização e se destaque perante os concorrentes no mercado, potencializando o sucesso do negócio como um todo.

Como passar essas competências para os seus colaboradores?

De nada adianta ter líderes criativos e inovadores sem uma equipe capaz e engajada nesse tipo de atividade. Portanto, além de investir nos gestores do seu negócio, também é importante pensar em maneiras eficazes de passar todos esses elementos para os colaboradores como um todo.

Mas como executar essa tarefa? Com as estratégias adequadas, é possível fazer com que os colaboradores também sejam criativos e inovadores, potencializando essas competências na liderança e engajando todos na jornada em direção ao sucesso.

Descubra agora algumas dicas de ouro nesse aspecto!

Facilite a comunicação

Um dos pilares da inovação e da criatividade nas empresas é a comunicação, não é mesmo? Portanto, abrir os canais de comunicação, tanto dentro da equipe quanto entre os líderes e os colaboradores do negócio, pode ser uma ótima forma de incentivar essas competências no time como um todo.

Portanto, crie canais eficientes e que atendam às demandas de comunicação interna da sua empresa. Além disso, incentive o feedback de ambos os lados, ou seja, tanto entre líder e colaborador quanto no caminho inverso.

Dê autonomia para o time

Para que os colaboradores possam inovar, é essencial que eles tenham autonomia para isso. Portanto, essa é uma outra estratégia muito eficaz para passar essas competências para o time como um todo.

Portanto, oriente os líderes para que eles deleguem atividades e permitam que os colaboradores resolvam os problemas de forma autônoma. Além disso, é importante que eles possam decidir qual a melhor forma de atingir os resultados desejados, identificando quais as metodologias de trabalho são mais adequadas para cada um e respeitando a diversidade da equipe.

Crie oportunidades

Oportunidades são uma ótima forma de incentivar a criatividade e inovação na empresa. Portanto, mostre ao time que eles têm acesso a oportunidades de crescimento dentro da empresa, incentivando-os a dar o seu melhor para alcançar os objetivos de carreira de cada um.

Uma das estratégias para isso é a criação de um plano de carreira. Nele, você é capaz de conciliar as oportunidades oferecidas pela empresa com os interesses e objetivos de cada um dos colaboradores, aumentando o engajamento e motivação do time como um todo.

Capacite os colaboradores

Por fim, também é importante que você invista na capacitação dos colaboradores para torná-los mais criativos e inovadores. Para isso, comece com uma avaliação comportamental, de forma a identificar as potencialidades e competências a serem desenvolvidas em cada um.

Após esse processo, identifique os treinamentos e capacitações mais indicados para cada colaborador, potencializando o que cada um tem de melhor.

Como implementar uma boa metodologia para manter o ambiente criativo e inovador?

Outra forma de promover a criatividade e inovação nas empresas é criar uma metodologia que tenha efeito em todo o ambiente organizacional. Para isso, é necessário que você siga alguns passos básicos, de forma a garantir o sucesso do processo.

Quer saber quais são eles? Então continue a leitura e descubra!

Faça um diagnóstico da sua empresa

Comece entendendo muito bem como a sua empresa funciona hoje e quais são as suas principais demandas. Cruze essas informações com dados sobre os colaboradores e os objetivos organizacionais do negócio como um todo, de forma a usar essa análise para embasar o planejamento da metodologia.

Crie um planejamento sólido

Com o entendimento de quais são as suas necessidades e objetivos, é possível identificar quais são aquelas metodologias mais indicadas para promover a criatividade e inovação no negócio. A partir disso, você deve criar um planejamento sólido, com todas as etapas do processo e um cronograma de atividades que devem ser implementadas.

Acompanhe os resultados

Ao longo do tempo, é essencial que você acompanhe os resultados de forma a identificar se os objetivos estabelecidos estão sendo atingidos. Portanto, crie indicadores para cada um dos processos implementados e mensure os resultados, comparando-os com as metas.

Mude a rota quando necessário

Caso você identifique que determinada metodologia não gera os resultados esperados, não hesite em revisar o planejamento inicial. Entenda quais são os gaps do processo e invista na melhoria contínua, de forma a manter uma metodologia de qualidade na empresa.

Qual a importância de contar com uma consultoria especializada?

Agora que você já entende como promover a criatividade e inovação na empresa, sabe como uma consultoria pode ser a sua maior aliada no processo? Se não, está na hora de descobrir!

Uma consultoria oferece serviços de diagnóstico organizacional e capacitações, tanto relacionadas à liderança quanto a outras competências essenciais para garantir a criatividade e inovação na empresa. Além disso, esse tipo de empresa também pode ajudar com o processo de coaching, permitindo que você tenha acesso aos melhores profissionais do mercado para potencializar os resultados do negócio como um todo.

Portanto, uma consultoria pode ser o que você precisa para promover a criatividade e inovação na empresa, tanto em relação às lideranças quanto entre os colaboradores de forma geral.

Depois desse artigo, você sabe tudo sobre criatividade e inovação nas empresas. Nele você entendeu qual a importância dessas competências para a organização e como potencializá-las nos líderes do negócio. Também descobriu como difundir essa cultura para a organização como um todo e como aplicar uma metodologia específica para desenvolver a criatividade e inovação no negócio. Por fim, descobriu como uma consultoria pode ser a sua maior aliada no processo.

Gostou deste texto e quer continuar a leitura sobre algo do tema? Então acesse agora mesmo o nosso post a respeito de como fazer a análise do perfil comportamental e fique atento ao seu próprio comportamento!



O quanto esse conteúdo foi útil?

4.5 / 5. 2

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

Veja o que é escuta ativa e como melhora as relações interpessoais

Veja o que é escuta ativa e como melhora as relações interpessoais

28/05/2020

O que é o Estado de Flow?

O que é o Estado de Flow?

07/06/2022

Como manter a produtividade em tempos desanimadores

Como manter a produtividade em tempos desanimadores

19/08/2021