Marketing Opus 03/01/2019

Leia este artigo e entenda qual a relação entre a análise de perfil comportamental e retenção de talentos da sua empresa!

Entenda a relação da retenção de talentos com a análise de perfil comportamental

A demissão e a contratação de colaboradores pode trazer uma série de problemas para a sua empresa. Além de atrapalhar o fluxo de trabalho da equipe, envolve investimento financeiro para o empreendimento e tempo e energia da equipe de RH.

Por isso, é tão importante investir em estratégias para garantir a retenção de talentos na empresa. Uma ferramenta aliada nesse aspecto é a análise de perfil comportamental. Quer saber o que é e como ela funciona? Continue a leitura e descubra!

O que é a análise de perfil comportamental?

Cada pessoa tem uma forma única de se comportar. Porém existem algumas características, ou seja, padrões de comportamento, comuns entre todos os profissionais. É o que chamamos de perfil comportamental.

Para avaliar esse tipo de informação sobre os seus colaboradores, é importante contar com ferramentas específicas de análise de perfil comportamental. Dessa forma, é possível gerar insumos valiosos para uma série de ações relacionadas à gestão de pessoas, inclusive a retenção de talentos.

Qual a relação entre análise de perfil comportamental e a retenção de talentos?

Você sabe o que o perfil da equipe tem a ver com a retenção de talentos? Podemos dizer que tudo! Quando você conhece bem os colaboradores da sua empresa, é capaz de criar estratégias coerentes com as características, necessidades e desejos do time.

Com esse método, é possível identificar cargos que mais se adequam ao perfil comportamental de cada profissional e, assim, direcioná-los para as atividades nas quais eles geram os melhores resultados e com as quais se sentem mais confortáveis.

Além disso, consegue entender qual a melhor forma de intervir no clima, ambiente de trabalho e motivação do time, de acordo com os resultados encontrados. Dessa forma, aumenta a satisfação dos colaboradores com a empresa, o que reduz a probabilidade de eles deixarem o negócio.

Quais são as vantagens de investir na retenção de talentos com a análise de perfil comportamental?

Investir na retenção de talentos baseada na análise de perfil comportamental pode gerar uma série de benefícios para o seu negócio. Entenda agora os principais deles!

Melhora o clima organizacional

Quando você sabe qual o perfil comportamental de cada um dos colaboradores da empresa, é capaz de criar times de acordo com essa característica, além de combinar diferentes perfis de forma complementar. Com isso, os funcionários interagem de forma positiva com os colegas, o que melhora o ambiente e o clima organizacional.

Aumenta os índices de motivação e engajamento

Ao entender mais sobre o perfil comportamental dos seus colaboradores, é possível designar atividades que se adequem às potencialidades de cada um. Dessa forma, eles ficam mais satisfeitos com o trabalho a ser realizado e, consequentemente, melhora os índices de motivação e de engajamento.

Incrementa a produtividade do time

Com um clima organizacional positivo e maiores índices de motivação e engajamento, a sua equipe se torna mais produtiva. Além disso, ao entender o perfil comportamental de cada um dos profissionais, é possível fornecer capacitações totalmente adequadas àquilo que mais precisa ser desenvolvido. Isso faz com que o time adquira novas competências, além de mais e melhores resultados.

A retenção de talentos é um dos objetivos centrais de uma atuação estratégica do setor de RH da empresa. Portanto, é essencial que você invista nesse setor para garantir o sucesso do negócio. Ao usar a análise de perfil comportamental para esse fim, você é capaz de potencializar os resultados, não apenas na retenção de talentos mas em diversos outros aspectos da gestão de pessoas.

Você gostou deste conteúdo? Então, fique por aqui e aproveite para conhecer as principais competências e habilidades de um líder!



O quanto esse conteúdo foi útil?

0 / 5. 0

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

DISC x MBTI – Você sabe diferenciá-las?

DISC x MBTI – Você sabe diferenciá-las?

20/10/2021

Como delegar tarefas de forma eficaz?

Como delegar tarefas de forma eficaz?

19/08/2021