Wladimir Martins 20/10/2021

Você sabe o que é CRINGE? Entenda as principais diferenças entre gerações.

Entre meados de 2020 e 2021, surgiu despretensiosamente na internet, principalmente nas redes sociais, o termo CRINGE. A expressão ficou entre as 50 mais pesquisadas durante algum tempo, e de forma repentina, internautas do mundo todo adotaram a palavra para caracterizar tudo aquilo que havia se tornado ultrapassado perante os aspectos de sua própria geração.

Mas afinal, o que de fato significa o termo e como ele surgiu?

Acredita-se que o termo tenha surgido na língua inglesa há muitos anos atrás e hoje é inclusive um subgênero da comédia ácida e sarcástica, bastante usado em séries e filmes em formato sitcom. A palavra deriva da gíria cringe, que literalmente traduzida do inglês significa desgosto. Já nas redes sociais, tanto no exterior quanto aqui no Brasil. o termo é geralmente utilizado para categorizar atitudes e características vergonhosas ou constrangedoras, tidas como antiquadas. A palavra ganhou ainda maior destaque quando passou a ser tópico das discussões envolvendo duas das principais gerações presentes atualmente na sociedade, a geração Z e a geração Y.

A geração Z é composta por todos aqueles que nasceram entre 1995 e 2010, são conhecidos como os nascidos na era tecnológica e são a geração que hoje encontra-se entre a adolescência e os vinte e poucos anos… Já a geração Y, também conhecidos como millenials, são os nascidos entre 1980 e 1990, lembrados como aqueles que marcaram o início dos anos 80 e se estenderam até a finalização do século. No geral, pode parecer uma pequena diferença, afinal são apenas alguns anos que distanciam essas duas gerações, mas quando consideramos a diferença entre um nascido em 1981 e outro nascido em 2009 por exemplo, podemos perceber uma distância de simplesmente 28 anos, que em termos geracionais é uma grande diferença.

As principais diferenças nos costumes, hábitos, apreciações e aspectos geralmente apresentados por indivíduos dessas duas gerações em seus cotidianos, foi o que levou a palavra cringe a ganhar proporções estrondosas em meio aos debates virtuais. Alguns exemplos de características dos millenials consideradas cringe pelos integrantes da geração Z são; gostar de unhas francesinhas, fazer um pagamento utilizando boletos, a utilização de emojis em aplicativos de bate-papo, escutar Sandy e Júnior e gostar da franquia Harry Potter. Já os millenials, acabam irritados com alguns costumes dessa “juventude tecnológica”, como por exemplo; o fato de serem usuários assíduos do TikTok, serem fãs do gênero K-pop, terem um visual mais despojado e menos preocupado com a estética padrão e por desprezarem o café da manhã. Claro que não podemos de forma alguma generalizar, existirão millenials e integrantes da geração Z que não serão contemplados por nenhuma das características aqui citadas e portanto não condizem com os aspectos generalistas que englobam toda uma geração.

Independentemente da exceções, é inegável admitirmos que existem sim grandes reflexos sociais provenientes das principais diferenças entre essas duas gerações.



O quanto esse conteúdo foi útil?

0 / 5. 0

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

13º Salário e bonificações de final de ano

13º Salário e bonificações de final de ano

07/02/2023

Saiba como a iniciativa no trabalho contribui para o crescimento profissional

Saiba como a iniciativa no trabalho contribui para o crescimento profissional

04/01/2021

Analisando Perfis Comportamentais de Personagens: Harry Potter

Analisando Perfis Comportamentais de Personagens: Harry Potter

27/09/2022