Marketing Opus 04/08/2020

Afinal, como usar a análise de dados no RH de forma eficiente?

Já sabemos que a revolução digital tem exigido cada vez mais assertividade e agilidade das operações dentro da empresa, não dando espaço para perda de tempo com erros que poderiam ter sido evitados. Sendo assim, a análise de dados no RH tornou-se uma estratégia ainda mais necessária.

Na prática, ela consiste em coletar informações relevantes das pessoas para identificar padrões de comportamento e prever como esses indivíduos podem reagir diante de situações no ambiente de trabalho. Com isso, você tem uma tomada de decisão com mais chance de acerto e alinhada com as estratégias da organização.

Mas como utilizar esses dados dentro do RH? Veja as principais ações que podem ser feitas com esses resultados!

Identificar potenciais talentos

Encontrar o candidato certo é um dos resultados mais importantes para a empresa, pois, ao alcançar isso, ela tem o capital humano necessário para entregar produtos e serviços de alta qualidade, conquistar o mercado e se diferenciar da concorrência. Porém, é uma tarefa que requer mais do que escuta ativa e feeling.

Mas, com essa análise, é possível criar um perfil ideal baseado nos top performancers da organização e comparar com os profissionais em estudo, tendo uma visão voltada para os resultados que a empresa necessita e espera.

Aplicar treinamentos de forma eficiente

O treinamento corporativo nunca foi tão necessário como nos dias atuais, tendo em vista que a transformação digital traz mudanças a todo instante no mercado. Por tanto, a equipe deve se aperfeiçoar e aprender continuamente para ajudar na inovação da empresa.

E neste sentido a análise de dados permite entender o conhecimento e produtividade desses colaboradores em relação aos padrões de performance da empresa. Assim, você tem clareza sobre o que precisa ser aperfeiçoado e foca nessa competência.

Melhorar o desenvolvimento dos colaboradores

Além do conhecimento, existem outras habilidades que também são essenciais para o desenvolvimento organizacional que são as soft skills dos colaboradores. Elas são formadas por modelos mentais, comportamentos e experiências vividas, e trabalhadas a longo prazo com foco na visão de futuro.

Neste sentido, a grande vantagem de contar com a análise de dados no RH é que você tem informações detalhadas sobre pontos positivos e de melhoria do perfil comportamental. Assim, constrói um PDI (plano de desenvolvimento individual) consistente e capaz de ajustar sempre que necessário durante esse processo.

Montar as equipes certas

A falta de alinhamento dentro da equipe pode comprometer seriamente os resultados empresariais, afinal, as pessoas não conseguem se comunicar com clareza, querem tomar decisões diferentes e não alcançam o objetivo em comum. Ou seja, falta engajamento no time e a análise de dados também pode ajudar nisso.

Ao ter informações completas sobre valores, crenças e maneiras de reagir diante de cada situação, você consegue criar equipes com profissionais que se completam. Por exemplo, enquanto um tem energia nas metas mas não sabe como alcançá-las, o outro faz uma análise crítica para encontrar a melhor alternativa.

Percebe como isso pode trazer grandes insights? Considerando que a análise de dados no RH proporciona uma predição sobre os possíveis cenários, ela é um um instrumento indispensável para qualquer gestão. Por tanto, ao entender essa estratégia, você se atualiza sobre as principais tendências, lida com desafios na área e alcança seus resultados estratégicos.

Agora que você já sabe como potencializar os processos de RH, continue conosco no LinkedIn, Facebook e Instagram e desenvolva outros aprendizados como este!



O quanto esse conteúdo foi útil?

0 / 5. 0

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

Analisando o perfil comportamental dos personagens da série Breaking Bad

Analisando o perfil comportamental dos personagens da série Breaking Bad

06/09/2023

MOANA: UM PARADOXO ENTRE A FANTASIA E A REALIDADE

MOANA: UM PARADOXO ENTRE A FANTASIA E A REALIDADE

21/02/2017

A CASA DE PAPEL, pressupostos comportamentais de uma equipe

A CASA DE PAPEL, pressupostos comportamentais de uma equipe

27/03/2018