Wladimir Martins 05/07/2022

RH Mobile

Na era digital, as inovações tecnológicas têm sido frequentes e, por vezes, necessárias às organizações, possibilitando a criação de programas e sistemas que facilitam as atividades cotidianas da empresa e impactam positivamente nos processos corporativos. Com sistemas e programas eficientes, ou seja, com uma boa base tecnológica, as entidades conseguem otimizar tempo e melhorar a experiência de seus clientes e colaboradores.
Ao longo dos anos, o setor de RH constatou que poderia atingir facilmente seus objetivos se fizesse uso de programas e sistemas de gestão de recursos humanos. Além disso, com os softwares é possível reduzir toda a burocracia e garantir mais transparência nos processos e operações realizadas pelo departamento.
É dentro desse cenário que entra o RH mobile. A facilidade de realizar tarefas e executar atividades fazendo uso dos dispositivos e programas digitais, deve ser também aplicada à gestão de recursos humanos, já que as novas tecnologias afetam todas as áreas e contribuem para o avanço e a execução do trabalho.
Mas o que seria o RH mobile?
O termo RH mobile surgiu recentemente e reflete as mudanças e adaptações que estão ocorrendo devido a chamada ‘transformação digital’. Há dois conceitos que integram o RH mobile e pode nos ajudar na compreensão do termo. São eles: a mobilidade e a inovação.
A mobilidade, como no trânsito, diz respeito a capacidade de se mover com facilidade, agilidade e fluidez. No âmbito empresarial esse conceito busca trazer resultados na produtividade e otimização de tempo, um exemplo seria o home office, que proporciona flexibilidade para que o colaborador execute suas tarefas em qualquer lugar. Devido às mudanças tecnológicas, as empresas e organizações buscam cada vez mais se adequar aos novos recursos para melhorar a experiência de todos os setores da organização, nesse contexto surge o aspecto de inovação, que caracteriza o potencial de mudança e adequação aos novos cenários.
Além disso, as empresas têm difundido a ideia de que o potencial de seus colaboradores são pontos chaves para o sucesso da organização. Tendo em vista toda essa conjuntura, o setor de recursos humanos vem conquistando ainda mais destaque no contexto organizacional e ocupa hoje, uma posição de área estratégia e fundamental para as empresas. Desse modo, os gestores e profissionais de RH estão buscando intensificar a produtividade, agilidade e a inovação dos seus processos, ao passo em que tentam proporcionar melhores condições de trabalho para aprimorar a desenvoltura e o rendimento de seus colaboradores.
Fazendo a consolidação desses dois conceitos, surge o RH mobile. A mobilidade aplicada aos processos de RH além de melhorar os resultados de performance e desenvolvimento pessoal, atua como diferencial competitivo, uma vez que influencia para que os melhores profissionais do mercado – àqueles que detém habilidades de grande potencial – queiram fazer parte da sua empresa. O RH mobile visa, sobretudo, flexibilizar e dinamizar os processos, gerando não só qualidade e resultados positivos para a organização, como também melhorar o relacionamento do colaborador com a própria empresa.

Por fim, O RH mobile tem como características ser inteiramente digital, utilizar dispositivos tecnológicos, como smartphones, computadores e tablets, utilizar ferramentas que facilitem, estimulem e melhorem a comunicação interna, promover treinamentos e cursos de capacitação para os profissionais. Com isso, é possível aperfeiçoar os processos operacionais da organização e aumentar o rendimento e os resultados da empresa.



O quanto esse conteúdo foi útil?

0 / 5. 0

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

5 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DO RH – PARTE I

5 PRINCIPAIS TENDÊNCIAS DO RH – PARTE I

28/10/2021

Como desenvolver o autoconhecimento emocional em um papel de liderança?

Como desenvolver o autoconhecimento emocional em um papel de liderança?

15/04/2020

O MENINO QUE DESCOBRIU O VENTO

O MENINO QUE DESCOBRIU O VENTO

10/03/2019