Wladimir Martins 01/12/2022

Autossabotagem

Autossabotagem é o termo usado para definir o ato de agir contra si mesmo, ou seja, dificultar a realização de suas próprias tarefas. Se trata de uma ação negativa e bastante comum nas pessoas. A autossabotagem é, majoritariamente, um pensamento guiado por nossas inseguranças e medos, criado de forma consciente ou inconsciente pela mente humana para evitar fracassos e frustrações. No entanto, esse pensamento pode ter surgido com o tempo e ter relação com traumas passados ou ainda ser alimentado com hábitos negativos como a procrastinação, a falta de foco e a baixa autoestima.
Para sair desse estado é fundamental uma mudança na forma como olhamos nossa realidade. Mas inicialmente é necessário entendermos porquê nos autossabotamos. Quais aspectos criam essa mentalidade de que não somos merecedores e como sabemos se estamos ou não nos autossabotando.
A autossabotagem pode ser silenciosa, fazendo com que você passe anos e transforme essa cultura negativa, em hábito. Nesse momento, fica complicado identificar com clareza quais ações e práticas estão alimentando a autossabotagem. Dessa forma, podemos citar alguns aspectos que são importantes serem observados:
Acreditar que não é merecedor e não reconhecer as próprias conquistas, focar no que falta ou no que não está favorável, ter a constante necessidade de auto afirmação, apresentar sentimento de inferioridade e comparação, ter medo de falhar, procrastinar e adiar tarefas importantes, são alguns pontos que alimentam constantemente o comportamento negativo e são prejudiciais na vida e no cotidiano das pessoas.
Em virtude disso, é necessário observar e verificar maneiras de vencer a autossabotagem. O primeiro ponto é reconhecer que você está se autossabotando, você pode fazer a identificação a partir de um exercício de autorreflexão, anotando os pontos que são gatilhos para a sua autossabotagem. Junto a isso, tente encontrar em cada um dos pontos que te levam à autossabotagem, um padrão ou um aspecto comum a todos eles e, por último, após identificar os gatilhos e o fator comum entre eles, é o momento de traçar metas e estratégias para que esse comportamento não seja repetido.
Importantes formas de evitar ou vencer a autossabotagem:
Seja protagonista da sua vida: tome decisões e escolhas que sejam essenciais para si e que deixam você feliz. A busca por aceitação pode prejudicar e potencializar o sentimento negativo, abrindo margem para o surgimento de outros problemas como a ansiedade;
Conheça o seu propósito: dê um basta nas crenças que limitam sua mente e foque no que é importante para você, o que o move e qual ou propósito;
Tenha metas: através do autoconhecimento você é capaz de identificar seu real objetivo;
Identifique a fonte da autossabotagem: quais seus gatilhos e quais comportamentos intensificam a autossabotagem, o que leva você ao hábito da procrastinação e a adiar seus objetivos e metas;
Trabalhe a autoestima: trabalhe a confiança e a segurança em si mesmo e verá que todo o seu comportamento se tornará mais leve;
Encare a mudança com seriedade: é necessário tratar as mudanças e adversidades com compromisso e seriedade, é fundamental se dedicar e honrar pelas suas decisões.
Agindo com responsabilidade e autoconhecimento você é capaz de evitar a autossabotagem e potencializar suas qualidades e competências.



O quanto esse conteúdo foi útil?

0 / 5. 0

Compartilhar essa matéria


Artigos relacionados

Entenda agora o que é RH estratégico e como implantar na empresa

Entenda agora o que é RH estratégico e como implantar na empresa

02/10/2020

Série “Mulheres de Personalidade”: Analisando o perfil de Daenerys Targaryen

Série “Mulheres de Personalidade”: Analisando o perfil de Daenerys Targaryen

23/10/2023

Descubra como gerenciar funcionários mais velhos de forma efetiva

Descubra como gerenciar funcionários mais velhos de forma efetiva

29/01/2020